limeiranoticias.com.br

Agência Minas Gerais | Secretaria de Educação apresenta Plano de Ação e diretrizes estratégicas para o ano de 2024 do Programa Jovem de Futuro 

fevereiro 21, 2024 | by limeiranoticias.com.br

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) reuniu todas as Superintendências Regionais de Ensino (SREs), nesta terça-feira (20/2), em Belo Horizonte, para apresentação do planejamento do Programa Jovem de Futuro. O evento reuniu cerca de 230 pessoas e demais gestores da pasta, com o objetivo de compartilhar o plano de ação e as diretrizes para o desenvolvimento do programa no ano de 2024. 

A abertura contou com a presença do secretário de Estado de Educação, Igor de Alvarenga, que reforçou sobre a importância do envolvimento da comunidade escolar para garantir a implementação de todas as ações. “É essencial que cada ator dentro do ambiente escolar cumpra suas funções para torná-lo mais atrativo e motivador. Precisamos simplificar e organizar os processos para que nosso planejamento possa ser colocado em prática com efetividade na vida escolar dos estudantes”, comenta.  

O evento também foi um momento de escuta ativa das regionais sobre aspectos diversos do andamento das ações do Jovem de Futuro, bem como sobre o que pensam em relação ao planejamento. Isso vai servir de subsídio para as regionais fazerem o mesmo com as suas escolas.

Planejamento

A etapa de planejamento é fundamental para o êxito da expansão do Programa Jovem de Futuro, tendo em vista que um plano de ação bem elaborado a nível da SEE/MG e SREs fornecerá a estrutura necessária para orientar a implementação eficaz do programa em todas as escolas de ensino médio do estado. Além disso, permitirá uma alocação eficiente de recursos, a definição de ações claras e mensuráveis e o monitoramento contínuo do progresso alcançado, objetivando a melhoria dos indicadores educacionais.

É essencial envolver todas as partes interessadas, incluindo gestores escolares, professores, alunos, pais e comunidades locais no processo de planejamento. O engajamento e a colaboração de todas as partes interessadas garantirão uma implementação bem-sucedida e sustentável do Programa Jovem de Futuro em todas as escolas de ensino médio.

A secretária adjunta de Estado de Educação, Geniana Guimarães Faria, avaliou que o processo de desenvolvimento das ações deve ser gradativo e construído de forma colaborativa. “A escola não muda do dia pra noite, por isso é importante um plano de ação factível, que o diretor consiga cumprir juntamente a comunidade escolar.  O planejamento  das ações do Jovem de Futuro tem que estar casado com o que já é feito e pensado de  forma conjunta”. 

A secretária adjunta destacou, ainda, que o fator socioemocional também precisa ser levado em conta, pois afeta diretamente quem ensina e quem aprende. “Precisamos colocar isso em pauta, pois é um fator que afeta diretamente os resultados dentro do ambiente escolar. Por isso, precisamos trabalhar a gestão da escola, perpassando por ter um olhar amplo para todos os envolvidos no processo de aprendizagem”, destaca. 

Programa Jovem de Futuro

O Programa Jovem de Futuro, em parceria com o Instituto Unibanco, tem como objetivo garantir a aprendizagem e redução das desigualdades educacionais entre os alunos do Ensino Médio como consequência de uma gestão orientada para o avanço contínuo da educação pública. O Programa disponibiliza para as escolas e as regionais uma metodologia e instrumentos que dão suporte ao trabalho de gestão. As ações do Jovem de Futuro estão estruturadas em cinco eixos, sendo eles governança, assessoria técnica, formação, mobilização e gestão do conhecimento, que se articulam por meio do método Circuito de Gestão.

RELATED POSTS

View all

view all