limeiranoticias.com.br

Fórum reúne gestores para construção do Plano Estadual de Esporte e Lazer do Mato Grosso do Sul

fevereiro 22, 2024 | by limeiranoticias.com.br

Na terça-feira (20) a Fundesporte, ligada à Setesc (Secretaria de Estado de Turismo, Esporte e Cultura), realizou o Fórum Estadual de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para definir as diretrizes dos próximos quatro anos do esporte no Mato Grosso do Sul.

No Fórum, foi apresentado os planos para o quadriênio que serão reunidos e formarão o Plano Estadual de Esporte e Lazer de Mato Grosso do Sul. Na programação do evento também foram apresentados os trabalhos realizados pela Fundesporte no ano de 2023, como a realização do Festival Surdolímpico, entregas de arenas do MS Bom de bola, revitalizações de ginásios, dentre outras ações. Os diretores de cada setor da Fundação puderam apresentar os trabalhos realizados e suas responsabilidades e futuras ações quanto à gestão do esporte no Mato Grosso do Sul.

O Fórum foi finalizado com o lançamento do edital de chamamento público “Esporte: Novas Conquistas em MS” que prevê a quantia de 7 milhões para projetos relacionados ao esporte. Momento histórico para o fortalecimento de clubes, federações e municípios, pois este edital representa mais que o dobro concedido no ano de 2021. 

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Herculano Borges, o momento é de extrema importância para a discussão de como será levado os próximos anos do esporte de Mato Grosso do Sul e oportuno para informar professores, gestores, técnicos, atletas e toda a comunidade esportiva sobre o lançamento do edital.

“O edital de chamamento público é aberto a toda a comunidade esportiva, associações, governos, federações, para que eles nos enviem projetos de esporte, desde a iniciação esportiva, até a excelência, passando pelos esportes de aventura, esportes nas comunidades indígenas e quilombolas. A fim de que o esporte e o lazer sejam fomentados em todo o estado”, frisa Herculano Borges.

Eixos temáticos

Os eixos temáticos do Fórum Estadual de Políticas Públicas de Esporte e Lazer foram divididos em três, sendo eles: estilo de vida saudável, sistema de desenvolvimento esportivo e infraestrutura esportiva.

Nos eixos algumas sugestões de temas importantes foram levantadas, como:

Estilo de Vida Saudável – levantamento de verba para as atividades que envolvam saúde e estilo de vida saudável. Um programa para a contratação de profissionais e técnicos direcionados ao atendimento de promoção à saúde e estilo de vida saudável. Entre outras sugestões.

Infraestrutura Esportiva – a inclusão de pessoas com deficiência, nas atividades de lazer em praças. Investimento em entregas de materiais esportivos como o kit avaliação, materiais para ginástica, etc. 

Sistema de Desenvolvimento Esportivo – fornecimento de incentivo financeiro aos atletas de alto rendimento, volta do basquete 3×3 nos jogos escolares, a possibilidade da volta do karatê para os atletas de 15 a 17 anos, inclusão dos surdos nos jogos escolares e capacitação dos profissionais de educação física na língua de sinais.

O presidente da Federação de Futebol de Salão de Mato Grosso do Sul, Mauro Augusto Ferrari, ressaltou que o Fórum é importante para que a Fundesporte ouça os feedbacks dos técnicos e profissionais de Educação Física.

“Esse feedback dos técnicos e dos profissionais de educação física vai fazer com que a Fundesporte faça seu plano conforme as demandas dos profissionais que atuam diretamente na área do esporte. Independente se é alto rendimento ou qualquer outro tipo de modalidade, as discussões são muito valiosas, às vezes você pega um determinado recurso do ano passado, esse ano já mudou totalmente o recurso. Tivemos o aumento de várias demandas, fornecedores e materiais, uma alta, então o plano que você fez no ano passado para esse ano pode mudar completamente”.

Já o presidente da Federação de Basketball de Mato Grosso do Sul, Eduardo Marques, ressaltou o apoio da Fundesporte às Federações de Mato Grosso do Sul.

“A Fundesporte, realmente, fomenta não só os jogos escolares, jogos abertos etc. Mas ela tem ajudado muito as Federações e essa ajuda é de extrema importância para a sobrevivência das federações no nosso estado. E hoje em dia para termos uma ideia, foi dito lá dentro, o basketball por exemplo temos jogos escolares muitas vezes com 30 equipes, 35. Eu como presidente da federação tenho visto o quanto tem crescido. E isso é de extrema importância para o desporto do Mato Grosso do Sul”, frisa.

Bel Manvailer, Comunicação Fundesporte
Fotos: Álvaro Rezende

RELATED POSTS

View all

view all