limeiranoticias.com.br

Moradoras do Jardim Vida Nova comemoram início de curso que traz oportunidade de renda – CGNotícias

fevereiro 20, 2024 | by limeiranoticias.com.br

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundação Social do Trabalho (Funsat), deu início nesta terça-feira (20) ao Programa Mulheres Mil, uma parceria com o Governo Federal que tem por objetivo promover a formação profissional e tecnológica, aliada ao aumento da escolaridade de mulheres em situação de vulnerabilidade social. Por intermédio da Escola de Educação Profissional da Funsat, 100 mulheres do Jardim Vida Nova e região participam do curso de Assistente Administrativo, com aulas que seguem até maio no Cras Vida Nova.

Moradora do bairro, Luana Fonseca de Almeida, 34 anos, ficou sabendo do Mulheres Mil ao procurar o Cras para se informar sobre cursos para a comunidade. “Me interessei pela qualificação profissional. Eu trabalhava com serviços gerais e pretendo abrir um negócio no ramo da confeitaria. Quero aprender para administrar meu próprio negócio”, conta Luana, acrescentando que é importante receber esse tipo de ação no bairro. “É bem melhor, por causa da locomoção. Minha irmã e minha sobrinha também vieram participar”.

Cleide Maria da Silva, 58 anos, também mora no Vida Nova e revela que tem o sonho de abrir uma empresa na área gastronômica. Seu último emprego foi como operadora de caixa. “Eu quero trabalhar, o que importa é ter uma renda. É muito bom quando a Prefeitura traz uma ação dessa para o bairro, porque às vezes a gente quer fazer um curso, mas não dá certo a questão do deslocamento e dos horários. Assim fica mais fácil”. 

A diretora do Cras Vida Nova, Adriana Nascimento, afirma que o curso é uma oportunidade para que as mulheres se tornem futuras empresárias. “Enriquece a nossa comunidade, principalmente na geração de renda e melhora a qualidade de vida das famílias. Esse engajamento da Funsat e da SAS (Secretaria de Assistência Social) traz a qualificação e inclui essas mulheres na história da sociedade, trabalhando. Elas se qualificam, tornam-se independentes e dão oportunidades a outras mulheres. É uma história de troca”.

Segundo a prefeita Adriane Lopes, as mulheres precisam de condições para desenvolver suas habilidades e conquistarem independência financeira. “Vocês são capazes, são inteligentes. Não olhem para as dificuldades e limitações, olhem para as oportunidades. Mulheres levantam mulheres, e esse curso é uma oportunidade para que vocês cresçam. E outros virão, em toda cidade. Vamos levantar um exército de mulheres independentes”.

Segundo o diretor-presidente da Funsat, Paulo da Silva, quando há qualificação, todo o entorno fica melhor economicamente. “A pessoa qualificada altera seu status na sociedade. No ano passado, realizamos mais de 30 cursos dentro da Funsat, inclusive fizemos alguns aqui [no Cras] e nas demais regiões da Capital, levando oportunidade para pessoas que precisam melhorar de vida”.

O curso de Assistente Administrativo engloba temas como processos administrativos e atividades de apoio em recursos humanos, finanças, logística e vendas, atendimento a fornecedores e clientes, fornecimento e recebimento de informações sobre produtos e serviços, entre outros. As participantes receberão certificação de 160 horas.

 

RELATED POSTS

View all

view all