limeiranoticias.com.br

Projeto acolhe pais de alunos com necessidades educativas especiais – Prefeitura Municipal de Ubatuba

February 22, 2024 | by limeiranoticias.com.br

Iniciativa municipal que cria e fortalece rede de apoio deve ser mantida em 2024

Para oferecer apoio e acolhimento aos pais ou responsáveis dos alunos com necessidades educativas especiais da rede Municipal de Ensino, foi criado o projeto “Café com Afeto”.

A iniciativa contou com cinco encontros em 2023 e deve continuar em 2024. De acordo com a idealizadora do projeto, a psicopedagoga da Seção de Educação Especial da Secretaria de Educação, Michele Dias, muitas mães e pais não têm rede de apoio na família, nem psicológico ou de algum tipo de atendimento.

“A ideia foi acolher, ouvir, orientar e proporcionar um momento prazeroso a eles, além de discutir cada caso, por meio de trocas de experiências e, assim, promover o empoderamento e aceitação”, explicou Michele. “Foram momentos de reflexão e, também, de autocuidado pois, na maioria das vezes, o cuidado com as crianças exige tanto que não há tempo para olhar para si mesmo”, complementou.

“É um momento de escuta e acolhimento para as mães. Nesses momentos, nos colocamos ‘no lugar’ delas, de certa forma. Isso colabora para o nosso planejamento e dia a dia com as famílias”, comentou a professora da Sala de Recursos Multifuncional, Flavia Pires.

“Foi muito importante ouvir os relatos de outras mães e saber que tudo é temporário e adaptável”, comentou Marcela Quinoneiro, mãe do aluno Miguel.

“Eu me senti muito confortável, acolhida, e que não estou sozinha no caminho de cuidar da minha filha que necessita de mais atenção. Cada um precisa de atenção de maneiras diferentes”, afirmou Jessica Vieira, mãe da aluna Vitória.

 

Saiba mais sobre as Salas de Recurso Multifuncionais

Até o final do ano passado, a rede Municipal de Ensino de Ubatuba atendia 350 crianças com diferentes diagnósticos como: Transtorno do Espectro Autista, Síndrome de Down, Paralisia Cerebral, Deficiência Intelectual, Deficiência física, Deficiência Auditiva, Deficiência Visual e outras condições diagnósticas.

São 16 Salas de Recursos Multifuncionais e 21 professores especialistas em Atendimento Educacional Especializado, que dão assistência às 52 unidades escolares.

O trabalho é direcionado à estimulação das habilidades envolvidas nos processos de aprendizagem e é realizado com os estudantes da Educação Especial e alunos em processo de avaliação diagnóstica pelo menos uma vez por semana, durante 50 minutos, no contraturno escolar.

RELATED POSTS

View all

view all