limeiranoticias.com.br

Funjope abre exposição ‘Atos de Fé’ no Parque Cultural Casa da Pólvora, no Centro Histórico

March 23, 2024 | by limeiranoticias.com.br

A Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) abriu, nesta sexta-feira (22), no Parque Cultural Casa da Pólvora, situado no Centro Histórico, a exposição ‘Atos de Fé’, sob a curadoria de Augusto Moraes. A mostra, que conta com o apoio do Centro Cultural São Francisco, compõe a programação da Semana Santa e apresenta diversos elementos que remetem à fé. A visitação acontece até 30 de abril, diariamente, das 9h às 17h.  

O diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, afirma que a sociedade brasileira, assim como todo o mundo cristão, católico, vive esse período da Paixão de Cristo como um momento muito especial, de reflexão, de retomada de sentido da vida da humanidade.  

“Nós, da Funjope, participamos dessa experiência, dessa vivência a partir do momento em que montamos e desenvolvemos um projeto como a Paixão de Cristo, que estaremos iniciando no dia 28, no Museu de São Francisco. Essa exposição está ambientada neste contexto de projeto maior da Paixão de Cristo”, pontua.  

Marcus Alves avalia que a exposição ficou muito bonita, com obras de fotografia do Antônio David. “Tudo muito bem organizado, de maneira que convidamos toda a comunidade cristã e católica de João Pessoa e da Paraíba a nos visitar, a vivenciar ali na Casa da Pólvora, um equipamento histórico de extrema importância para a cidade, esse sentimento de renovação, do cuidado, do carinho e da atenção que todos precisamos ter com a humanidade. O sacrifício do Senhor Jesus exatamente é retomado e reinterpretado para nos fazer pensar”, acrescenta.  

O curador Augusto Moraes explica que é uma exposição fotográfica onde são relatados os atos de fé, procissões, como a do Encontro, a fé do povo em relação às suas crenças, e encerra com um estandarte representando as cenas da Paixão de Cristo. Há também um altar representando os ex-votos, como pés e mãos trazidos da Igreja da Penha. As fotografias são de Antônio David. Já as peças expográficas são da coleção particular do curador.  

“Nessa exposição, podemos observar fotografias de procissões realizadas em diversas ocasiões e momentos de fé do povo paraibano. Além das fotografias, há estandartes expostos que representam as fases da sentença de Cristo no caminho ao calvário”, pontua o curador.  

A mensagem, conforme ressalta, é a fé das pessoas em relação ao infinito, ao desconhecido, que é Deus. “Também celebramos a Semana Santa que é o momento em que as pessoas procuram se redimir de seus pecados”, diz.  

Augusto Moraes lembra que a fé é uma virtude teologal pela qual as pessoas creem em Deus, na sua misericórdia que salva a humanidade de suas faltas durante a vida, após a morte. “Todo cristão é movido pela fé em Deus, que se comunica através da oração, nas horas alegres e tristes da existência humana. A história do Cristianismo tem Jesus Cristo como centro irradiador da fé entre os cristãos em todo o mundo, católico ou não”.  

Ele acrescenta que a religiosidade popular possui a fé depositada nas igrejas, através da oração, o repositório de ex-votos nas romarias a santuários, procissões dos santos de devoção, pedindo a intercessão de Cristo, que é o Salvador entre o céu e a terra.

RELATED POSTS

View all

view all