limeiranoticias.com.br

Prefeitura tem programação especial para marcar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo

April 3, 2024 | by limeiranoticias.com.br

O Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência, administrado pela Prefeitura de João Pessoa, promoveu, nesta terça-feira (02), uma programação especial em alusão ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo. As atividades aconteceram durante todo o dia, na sede do serviço, que funciona na Rua Deputado Tertuliano de Brito, no bairro Treze de Maio.   

“Essa data foi escolhida com o objetivo de levar informação à população, para reduzir o preconceito e a discriminação contra as pessoas que apresentam o Transtorno do Espectro Autista (TEA). E esse também é o nosso objetivo aqui no Centro de Inclusão, buscamos dar dignidade aos nossos usuários, não só os 11 diagnosticados com autismo, mas para todas as pessoas com deficiência de 18 anos mais, que são, muitas vezes, invisibilizadas”, comentou Renata Lauria, coordenadora do Centro Dia.  

Os usuários e seus familiares assistiram a apresentação cultural do projeto ‘Amanda na Luta pela Inclusão Social’, uma mulher com síndrome de Down que superou barreiras e se apresenta com violino, ao lado de sua mãe, e dança de salão, com o professor e dançarino Leonardo. Além de uma palestra sobre o autismo nos dias atuais, as descobertas e dificuldades ainda existentes, promovida pela equipe multiprofissional da Casa do Autista.  

Maria da Glória, mãe de um dos autistas beneficiados pelo Centro, destacou a importância do trabalho desenvolvido pelo serviço para a evolução do filho. “A entrada do Vitor nessa casa foi uma benção para nós. Ele passou a ter contato com as outras pessoas, a socializar com os profissionais daqui, e fazer as atividades. Não tenho palavras para agradecer toda a mudança que o Centro promoveu na nossa família”, compartilhou.  

Serviço – O Centro Dia de Referência para Pessoas com Deficiência proporciona acolhimento, proteção e convivência a pessoas com deficiência de 18 a 50 anos, cujas famílias não tenham condições de prover cuidados durante todo dia ou parte dele. São desenvolvidas atividades que permitem a convivência em grupo, cuidados pessoais e fortalecimento das relações sociais.  

Os interessados podem ter acesso ao serviço por meio de encaminhamento do sistema de saúde, pelo Ministério Público, pelos serviços da Rede de Proteção do Município ou por meio de demanda espontânea, quando o familiar vai até o serviço e realiza a matrícula. Para mais informações, o serviço dispõe do contato (83) 98881-0662.  

RELATED POSTS

View all

view all